Ao longo dos anos aprendi que o esporte preferido do dono da revenda de automação comercial é reclamar. O revendedor reclama do FISCO, da AFRAC, dos clientes, dos parceiros e, principalmente, dos fabricantes, distribuidores e software houses.

Hora é a política, hora é porque venderam direto no “seu” cliente, hora é por outro motivo qualquer. Na verdade, pouca importa o motivo: o que importa de verdade é que o revendedor precisa entender que ninguém quer um parceiro que olha a vida apenas pelo lado negativo da coisa.

E é justamente por isso que pergunto: sua revenda é atraente para seus parceiros?

Eu sei que você nunca pensou nisso

Tenho plena certeza que a maioria dos chegaram até aqui estão indignados. Como assim minha revenda é atraente? Claro que sim! Eu sou líder na minha região. Todos me vêem como referência em prestação de serviços. Meus clientes me adoram. Eu sou um sucesso.

Mas, será que é mesmo?

Encarando a dura realidade

No passado ser referência em assistência técnica com qualidades como velocidade e bom serviço eram fundamentais para deixar fabricantes e distribuidores satisfeitos. Implantar um software com qualidade e atender rapidamente o cliente também eram suficientes para deixar uma software house feliz.

O problema meu amigo é que em tempos de vendas exponenciais, se você não for bom em vendas você não é atraente para mais ninguém.

Reflita comigo: de que adianta ter a melhor assistência técnica em tempos em que os equipamentos, quando quebrar, muitas vezes são descartados ou trocados imediatamente pelos clientes?

Por isso você precisa saber vender

Logo, para ser atraente hoje, sua revenda de automação comercial precisa ser, acima de tudo, uma máquina de vendas e retenção de clientes. Fabricantes, distribuidores e software houses querem parceiros que performem. Se você não performa, você não é interessante. Você é apenas um reclamão.

Em nosso blog criamos diversos conteúdos para ajudar sua revenda a ter mais sucesso em vendas, como o Post Como montar uma estratégia de Marketing para sua Revenda e 5 Passos para o Revendedor de Automação Comercial se transformar em uma Revenda 2.0.

Nossa mensagem é clara: revenda que não vende não é mais interessante para nenhum dos elos da cadeia. Se este é o seu caso, está na hora de repensar onde focar seu tempo e energia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.